Instituto Samuel Klein interrompe atividades após denúncias de abusos sexuais
Redação
Instituto Samuel Klein interrompe atividades após denúncias de abusos sexuais

Os netos de Samuel Klein , patriarca da família conhecida por promover ações de filantropia, decidiram interromper as atividades do instituto que leva o nome do homem, falecido em 2014. O fechamento das ações se dá por causa de denúncias de abusos sexuais cometidos pelo empresário, que é o fundador das Casas Bahia. 

O Instituto Samuel Klein (ISK) financia atividades de primeira infância e promove o fortalecimento da comunidade judaica. Seus mantenedores são os netos Natalie e Raphael Klein, filhos do primogênito de Samuel, o empresário Michael Klein.

Em nota, o instituto disse que o fechamento "é parte de um processo de profunda reflexão e consequente transformação e ressignificação para os nossos futuros objetivos". E acrescentou que os aportes para a continuidade das atividades de parceiros serão mantidos.

Projetos como o Família Acolhedora , do Instituto Fazendo História , é um dos que são apoiados pelo ISK. O projeto acolhe bebês e crianças de até 3 anos em famílias, a fim de que sejam adotados.

A entidade também destina recursos para projetos de educação, como  Lubavitch-Gani , que ficam no Bom Retiro, além do Centro de Educação Infantil Bety Laffer . As instituições de ensino atendem a crianças, adolescentes e idosos em situação de vulnerabilidade social. O ISK oferece bolsa de estudos na  Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários