Eduardo Rios Neto noto presidente do IBGE
Fernando Frazão/Agência Brasil o crédito
Eduardo Rios Neto noto presidente do IBGE

Na manhã desta terça-feira (27), tomou posse da presidência do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ( IBGE ) o ex-diretor de pesquisas, Eduardo Luiz Gonçalves Rios Neto . Ele assume no lugar de susana Guerra, que pediu demissão após os cortes orçamentários que  inviabilizaram o Censo deste ano e colocam em cheque a preparação para a pesquisa em 2022.  

Rios Neto era diretor de Pesquisas do instituto e foi indicador ao cargo pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. A nomeação foi publicada no Diário Oficial de hoje. 

Ele tem formação em Economia com doutorado em Demografia. Também é membro da Academia Brasileira de Ciências e professor titular aposentado da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Susana e Rios Neto assinaram, juntos, artigo publicado em março na página do IBGE no qual afirmaram que o país ficará em risco sem as informações censitárias.

"Sem o Censo em 2021, as ações governamentais pós-pandemia serão fragilizadas pela ausência das informações que alicerçam as políticas públicas com impactos no território brasileiro, particularmente em seus municípios", afirmaram Susana Guerra e Eduardo Rios Neto.

Você viu?

Sem Censo este ano

De acordo com o secretário da Fazenda, Waldery Rodrigues, o levantamento foi cancelado devido aos cortes realizados no Orçamento deste ano. A pesquisa perdeu 96% da verba, que foi reduzido de R$ 2 bilhões para R$ 71 milhões.

"As razões do adiamento foram colocadas no momento em que o Censo não teve o recurso alocados no processo orçamentário. Novas decisões sobre alocação e realização do Censo serão comunicadas", disse o secretário, que ressaltou que também serão ouvidas as orientações determinadas pelo Ministério da Saúde, em torno de questões sanitárias.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários