Funcionários pedem maior proteção contra à Covid-19 em agências e chamada de aprovados em concurso público
O Dia
Funcionários pedem maior proteção contra à Covid-19 em agências e chamada de aprovados em concurso público

Funcionários da Caixa Econômica Federal anunciaram que irão entrar em greve nesta terça-feira (27) em protesto a abertura de capital da Caixa Seguridade . De acordo com o sindicato, a paralisação deve durar 24 horas.

Os servidores querem evitar o início da venda de ações da estatal na Bolsa de Valores prevista para começar nesta quinta-feira (29). Na visão de sindicatos e funcionários, a abertura das operações nas B3 é um indício de tentar privatizar o banco.

A tentativa do governo federal é repassar ações da Caixa Seguridade e abrir um novo CNPJ com a iniciativa privada para realizar os pagamentos de programas sociais, como o Bolsa Família e Casa Verde e Amarela – substituto do Minha Casa Minha Vida.

Trabalhadores ainda questionam os pagamentos integrais da Participação de Lucros e Resultados (PLR) e pedem proteção contra à Covid-19 em agências, além da chamada de aprovados em concurso realizado em 2014.

Em nota, a Caixa Econômica Federal se limitou a dizer que participa da mesa permanente de negociação com representantes sindicais. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários