Day trader mata namorada e comete suicídio em Minas Gerais
Lorena Amaro
Day trader mata namorada e comete suicídio em Minas Gerais

Mais uma tragédia envolvendo um day trader ganhou os noticiários.

A cantora e influenciadora Lívvia Bicalho, de 38 anos, foi encontrada morta em seu apartamento na cidade de João Monlevade, região central de Minas Gerais , na quarta-feira (21).  A suspeita é que seu namorado, Rafael Ribeiro Pinto, de 39 anos, que fazia operações de day trade , tenha cometido o crime antes de tirar a própria vida.

De acordo com vizinhos do casal, disparos de arma de fogo foram ouvidos após uma briga do casal por volta das 13h de ontem.  A polícia foi acionada e, ao chegar ao apartamento do casal, encontrou Bicalho e Pinto já sem vida. Ela tinha uma perfuração no peito e ele um tiro na cabeça.

Além disso, Pinto já tinha em mãos um revólver calibre 38. A polícia trabalha com a hipótese de feminicídio seguido de suicídio.

Lívvia Bicalho era influenciadora digital e tinha quase 100 mil seguidores no Instagram. Ela também fazia sucesso na região como cantora, abrindo shows de artistas como Marília Mendonça e Jorge & Mateus.

Nas últimas eleições, ela se candidatou a vereadora com a pauta de defesa das mulheres, mas não se elegeu.  Já Rafael Pinto se apresentava como sócio proprietário da Transportadora Ferreira Pinto e day trader. Além disso, vendia carros nas horas vagas.

O casal estava junto há cerca de um ano, e a vítima  deixa dois filhos.

Você viu?

O crime revoltou a população da região, que se manifestou nas redes sociais:

“Hoje, uma monlevadense foi roubada de nós, uma mulher, uma artista, uma mãe, irmã e filha. A Fundação Casa de Cultura de João Monlevade declara sua solidariedade e apoio a todos que amaram Lívvia Bicalho. Lívvia não será esquecida, sua música e memória permanecerão”, publicou Nadja Lírio, presidente da Casa de Cultura da cidade.

Day trader comete suicídio após perder tudo

Infelizmente, esta não é a única tragédia envolvendo um day trader brasileiro.

Recentemente, conforme noticiou o CriptoFácil, um homem de 32 anos, morador de Natal, no Rio Grande do Norte, também cometeu suicídio após um prejuízo de R$ 200 mil.

Segundo a mãe do trader identificado apenas como Thiago, ele pagou por um curso caríssimo de day trade antes de começar a investir, mas perdeu tudo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários