Privatização da estatal é uma das prioridades do governo federal
Reprodução: ACidade ON
Privatização da estatal é uma das prioridades do governo federal

A Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta terça-feira (20) o requerimento de urgência para a votação do projeto de lei que prevê a privatização dos Correios . Essa é uma das demandas econômicas prioritárias do Palácio do Planalto.

Ao todo, 280 deputados votaram a favor da urgência da matéria, enquanto 165 se posicionaram contra. Com a decisão, o texto será votado diretamente em plenário, sem passar pela Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços (CDEICS).

Embora aprovado o requerimento, ainda não há previsão para a votação da matéria.


Você viu?




A intenção de privatizar os Correios foi divulgada no fim do ano passado, mas esfriou nos últimos meses após o destaque dado aos impasses orçamentários. Em fevereiro, o presidente Jair Bolsonaro se reuniu com o presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), para entregar o projeto de privatização do sistema postal do país.

Membros da oposição, no entanto, tentam travar a medida, pois enxergam a responsabilidade da distribuição postal no país como sendo do governo federal. Para embasar os argumentos, os deputados usam um artigo da Constituição Federal que trata exatamente deste tópico.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários