Ibovesta sobe acompanhando cenário favorável no exterior
Osni Alves
Ibovesta sobe acompanhando cenário favorável no exterior

O dólar opera com volatilidade no início desta quarta-feira (14). Os investidores observam o movimento da divisa no exterior e os eventos políticos domésticos, como os possíveis ruídos da CPIinstalada no Senado para investigar o combate à pandemia feito pelo governo, para as pautas econômicas e o impasse em torno do Orçamento para 2021.

Por volta de 10h23, a moeda americana era negociada a R$5,72, com leve alta de 0,09%, depois de começar em baixa. No mesmo horário, o índice Ibovespa subia 0,07%, aos 119.386 pontos.

Os investidores ainda acompanham falas da presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde e do presidente do Federal Reserve, Banco Central americano.

Cenário doméstico

Com relação ao Orçamento, a iniciativa de uma emenda à Constituição (PEC) para permitir gastos emergenciais com a pandemia, sem decretar estado de calamidade pública, perdeu força.

Com isso, o presidente Jair Bolsonaro e sua base no Congresso seguem tentando chegar a um acordo para a sanção da medida.

O governo também não conseguiu incluir governadores e prefeitos no escopo de investigações da CPI, mas apenas a análise de repasses federais feitos a esses entes federativos.

A ideia de uma CPI ampliada era defendida por Bolsonaro. Além disso, o Executivo não deve ter maioria entre os membros da comissão, contribuindo para possíveis ruídos.

Você viu?

Em nota matinal, a XP Investimentos destaca que não tem havido grandes progressos rumo a uma definição do Orçamento.

"O risco é perder o controle do volume de gastos extra-teto durante a tramitação no Congresso", disse a casa em nota matinal.

Bolsas no exterior

Na Europa, as bolsas operam em alta. Os investidores acompanham o início da temporada de balanços das empresas, além de monitorar os efeitos da Covid-19.

Por volta de 09h38, no horário de Brasília, a Bolsa de Londres avançava 0,40%. Em Frankfurt, havia estabilidade e em Paris, alta de 0,49%.

As bolsas da Ásia fecharam em alta nesta quarta-feira, com exceção de Tóquio. Foi a primeira oportunidade para os investidores asiáticos reagirem aos dados da inflação americana no dia anterior.

A semana também é marcada pela divulgação de balanços do primeiro trimestre, o que anima os agentes de mercado.

A bolsa japonesa teve queda de 0,44%. No país, os tremores em relação ao coronavírus aumentaram nas últimas semanas, com críticas à lentidão da campanha de vacinação e aumento de casos da doença em grandes cidades.

Em Hong Kong, houve avanço de 1,42% e na China, de 0,60%.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários