null
shutterstock
undefined


Consumidores paulistas que não querem ser incomodados com ligações de telemarketing ou mensagens de empresas insistentes e repetitivas podem bloquear os contatos através do Procon-SP. Desde 10 de março, a legislação estadual permite ao consumidor inscrever até cinco linhas telefônicas de sua titularidade (fixo ou celular) no serviço "Não me Ligue", do Procon-SP.

A atualização do cadastro agora abrange serviços de mensagens instantâneas, como o WhatsApp, Telegram e o SMS.  As empresas não poderão enviar propagandas ou cobranças aos números cadastrados, mesmo que o usuário esteja devendo.

Leia também:

As empresas que desrespeitarem o bloqueio serão multadas. Desde 2009, quando o Procon-SP lançou o programa,  foram cadastradas mais de 2,8 milhões de linhas telefônicas e registradas quase 210 mil reclamações. O Procon-SP afirma que foram aplicadas 348 multas, que somam mais de R$ 260 milhões.

A regra, que vale para empresas de todo o país,serve  para ligações ou mensagens feitas diretamente por funcionários da empresa, por terceiros contratados, por gravações ou qualquer outro meio.

Uma vez inscrito, o número de telefone do consumidor permanecerá no cadastro por tempo indeterminado. O usuário pode fazer a exclusão da linha a qualquer momento e também autorizar ligações de uma ou mais empresas das quais deseja receber ligações ou mensagens.

Como bloquear:

  1. Preencha o formulário no site do Procon-SP com seu nome, CPF, RG e endereço completo e crie uma senha
  2. Informe os números de telefone que deseja bloquear para as chamadas de telemarketing. Eles devem estar registrados em seu CPF
  3. É possível cadastrar até cinco telefones (fixo ou celular)
  4. Clique no quadrado "Li e aceito", para declarar que as informações prestadas são verdadeiras
  5. Clique em Cadastrar
  6. Em 30 dias, as ligações para os números cadastrados devem parar
  7. Caso já tenha bloqueado o telefone há mais de 30 dias e continua recebendo ligações, vá em "DENUNCIE AQUI" e preencha o formulário


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários