O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta
Foto: Marcos Corrêa/PR
O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta


Após o ministro da Economia, Paulo Guedes , declarar que a compra de vacinas está atrasada desde a época do ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM - MS) , o médico usou as redes sociais para retrucar o economista. Segundo Mandetta, no tuíte desta quarta-feira (17), Guedes é “desonesto” e "mentiroso''.

“Guedes desonesto e mentiroso. Negacionismo do governo mata pessoas e empresas. CPI já! Mais postos de saúde e menos posto Ipiranga”, escreveu o ex-ministro.

Veja:


Você viu?


Em entrevista à Folha de S.Paulo, Mandetta disse que é “inacreditável que o homem responsável pela economia do país esteja criando uma narrativa mentirosa para disfarçar a própria incompetência, dele e do governo do qual faz parte”.

No livro: “Um paciente chamado Brasil: Os bastidores da luta contra o coronavírus”, escrito pelo ex-ministro, ele destaca algumas desavenças com Guedes. No livro, o Mandetta chega a chamar o ministro de “arrogante”.


O começo da briga 


Em entrevista à CNN Brasil, Paulo Guedes afirmou que a negociação de vacinas contra a COVID-9 está atrasada desde a gestão do ex-ministro da Saúde.

“A entrega da vacina não está atrasada só agora, não”, disse Guedes. “No primeiro dia, Mandetta saiu com R$ 5 bilhões no bolso. É desde aquela época que deveríamos estar comprando vacina, não é mesmo? O dinheiro estava lá”, disse.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários