iFood é um dos principais aplicativos para pedir comida e se diferencia por possuir mais formas de pagamento e restaurantes
Divulgação/iFood
iFood é um dos principais aplicativos para pedir comida e se diferencia por possuir mais formas de pagamento e restaurantes


O iFood tem surpreendido alguns usuários com mensagens no WhatsApp em que oferece descontos e promoções exclusivas. O mesmo acontece via e-mail. Alguns clientes desconfiados suspeitam de golpes virtuais ou fraudes, como tem ocorrido com cada vez mais frequência nos últimos meses.

A página institucional da empresa esclarece que as mensagens enviadas por WhatsApp e E-mail são verídicas, mas os únicos remetentes confiáveis são os contatos do iFood, por email, que terminem com @ifood.com.br ou no Whatsapp seguidos por uma certificação verde.

O site ainda reforça que a empresa nunca vai solicitar dados bancários ou de cartões de crédito, e que está comprometida com a  segurança digital e a disseminação de informação confiável. 

Você viu?

Qualquer outro número ou endereço que te mande mensagem dizendo ser o iFood é golpe , alerta a foodtech. 


Privacidade e segurança


O portal iG contactou o iFood para esclarecer o meio de obtenção dos dados dos seus usuários e as medidas de segurança com estas informações, e a empresa se posicionou. Confira o que diz o iFood:

" Com a evolução de suas operações, o iFood tem investido em tecnologia e inteligência artificial para desenvolver e aprimorar modelos de segurança para prevenir fraudes. A empresa reforçou também a comunicação com consumidores, enviando constantemente notificações, mensagens no app, e-mails e mídias sociais, com orientações de segurança e alertas, ressaltando que todos os perfis do iFood são verificados.

A empresa começou a utilizar o Whatsapp como canal de comunicação com os usuários há pouco tempo e está em constante aprendizagem para utilizar a ferramenta de forma eficiente e cada vez mais segura para todos. O iFood sempre deixa claro seu contato com o consumidor por diversos meios de segurança, como o selo de verificação da conta do iFood e comunicados em nosso site institucional, tornando sempre a experiência positiva.

O iFood conta ainda uma área jurídica focada em privacidade e proteção de dados que abrange diversos temas, inclusive a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). A privacidade dos clientes, parceiros e funcionários é prioridade no negócio e a empresa investe consistentemente para seguir as melhores práticas e regulamentações nos países em que atua. Entre as ações já implementadas estão a inclusão de funcionalidades de acesso e controle de dados pessoais em nosso aplicativo, a alteração do nosso aviso de privacidade, mudanças nos contratos com os parceiros e fornecedores, treinamentos internos, mapeamento de dados e riscos, gestão de acessos, além da análise rigorosa na segurança de fornecedores e melhorias de controles junto ao time de segurança ". A empresa lembra ainda que os dados aos quais tem acesso são aqueles passados pelos próprios clientes no momento de preenchimento de cadastro no aplicativo.

iFood
Brasil Econômico / Ludmilla Pizarro

Se o remetente da mensagem for verdadeiro, o nome da empresa estará ao lado de uma verificação verde, como no print.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários