Declarações devem começar na primeira semana de março e encerrar no dia 30 de abril
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Declarações devem começar na primeira semana de março e encerrar no dia 30 de abril

A Receita Federal irá divulgar nesta quarta-feira (24), as regras e prazos para a declaração do Imposto de Renda de 2021 . A expectativa é que o sistema seja liberado no próximo dia 1º e as declarações sejam encerradas no dia 30 de abril.

As condições para o IR deste ano devem ser parecidas com as estipuladas em 2020, ou seja, deverão declarar os rendimentos contribuintes que arrecadaram mais de R$ 28.559,70 de renda tributável no ano passado. Também estão na lista pessoas que receberam acima de R$ 40 mil reais em fontes não tributáveis, como indenização trabalhistas e saques do FGTS.

O Leão ainda prevê pagamentos de imposto para contribuintes que compraram ou venderam imóveis, brasileiros com patrimônios acima de R$ 300 mil e pessoas que passaram a morar no Brasil em qualquer mês de 2020 e ficou aqui até 31 de dezembro de 2020.

Em coletiva que será realizada na sede do Ministério da Economia , a Receita Federal deve informar a data de lançamento do programa para o preenchimento da declaração. O sistema pode ser utilizado pelo próprio contribuinte ou por contadores.

Orientações

O Fisco orienta a entrega das informações nas primeiras semanas para que o contribuinte receba a restituição nos primeiros lotes. A Receita alerta que atrasar a entrega da declaração pode gerar multa.

De acordo com a RF, a declaração feita em 2020 poderá ser utilizada como base de informações para o IR deste ano.  

Os contribuintes devem solicitar os rendimentos na empresa onde trabalha e separar recebidos de despesas e investimentos realizados no ano passado. Aposentados e pensionistas devem solicitar o Informe de Rendimentos ao INSS.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários