null
Guia do Investidor
undefined


Em duas sessões, entre sexta e segunda-feira, a Petrobras perdeu R$ 102 bilhões de valor de mercado. Desde o anúncio do novo presidente da estatal do petróleo, as ações da empresa (PETR4, PETR3) estão oscilando entre quedas de 20% e a retomada de 10% em seguida.  

O consultor financeiro Silvio Azevedo explica que a movimentação se deve ao “efeito pêndulo”. “Como a bolsa caiu 20%, o efeito pêndulo seria previsível, o que fez a Petrobras subir 10% hoje”.

“O mercado de ações contém oscilações fortes por questões econômicas e políticas , é recomendado que o investidor, ao comprar ou vender uma ação, pense em longo prazo ( 3 anos ou mais)”, aconselha Azevedo.

Você viu?

Ele prescreve cautela aos aventureiros, já que a movimentação atual prevê uma nova baixa de valor em breve. “E se comprar ação, foque no longo prazo, no curto prazo as estatísticas são ruins! Apenas 1% de ganha no day trade”, completa. 


Vai e vem


O efeito pêndulo acontece quando, por quaisquer razões, uma ação ou um investimento perde valor bruscamente. Os investidores, então, compram-na devido ao preço baixo. A compra em grupo dos títulos faz a ação se valorizar novamente.

Este enriquecimento é artificial, e tende a ser pouco duradouro já que não representa mais valor ao título. 

O medo de uma interferência do governo na estatal fez acionistas do mundo inteiro venderem suas porcentagens da petrolífera . Nesta terça-feira, entretanto, o vice presidente Hamilton Mourão (PRTB - RS) afirmou que  a flutuação abrupta é natural. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários