Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, defende privatização de parques nacionais
Agência Brasil
Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, defende privatização de parques nacionais

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles , defendeu um programa amplo de privatizações , incluindo a concessão de parques nacionais pelo Brasil. Segundo ele, prefere o termo "melhor eficiência" a "privatização", sugerindo que, sim, defende conceder patrimônios públicos, o que visaria garantir um melhor serviço a partir de uma administração privada. A fala de Salles foi feita durante entrevista ao programa "Poder em Foco", do SBT, na madrugada desta segunda-feira (22).

"Não vou usar a palavra privatizar , vou usar melhor eficiência e digo, por exemplo, os parques nacionais . Esses espaços precisam de restaurantes, estacionamentos, trilhas, banheiros, segurança e para isso precisa de alguém que saiba fazer bem e que tenha dinheiro para fazer, aí entra o setor privado", citou Ricardo Salles .

Segundo o ministro do Meio Ambiente, o " Brasil está atrasado " e "precisa privatizar", porque, segundo ele, "o setor privado faz bem e mais barato e por isso que a pauta liberal é necessária no Brasil".

Sobre sua pasta, o Meio Ambiente , Salles se defendeu questionado sobre desmatamento e a dificuldade do governo de fiscalizá-lo, dizendo que o orçamento do ministério é o menor em 21 anos, comprometendo as ações de combate. Para ele, portanto, uma alternativa seria entregar para a iniciativa privada áreas de preservação, como os parques nacionais, enxugando custos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários