Brasil Econômico

Dona Maria recebeu dezenas de garrafas de vinho após repercutir nas redes sociais
Reprodução/Pâmela Cristina Matias Gomes/Arquivo pessoal
Dona Maria recebeu dezenas de garrafas de vinho após repercutir nas redes sociais

Dona Maria Cardoso, de 101 anos,  viralizou na internet depois de enviar seu currículo para uma empresa em Promissão (SP) com o objetivo de trabalhar para comprar seus vinhos sem depender da família. Depois do caso ganhar repercussão, a idosa ganhou dezenas de garrafas da bebida e está muito feliz, como conta sua bisneta ao G1.

Segundo Pâmela Cristina Matias Gomes, muitas empresas entraram em contato para presentearem sua bisavó com garrafas de vinho . Uma das companhias de vinho deu até uma assinatura de um ano para a idosa, que vai ganhar garrafas da bebida todos os meses do período.

"Vinho não vai faltar. Ela está muito feliz, mas na hora que a gente fala para ela, ela não tem ainda essa noção do que é a internet. Não é a praia dela. Ela não está entendendo muito. A gente que está mais eufórico", conta Pâmela ao G1.

Você viu?

A história da dona Maria começou a repercutir depois que a família a ajudou a montar um currículo . A idosa falava que queria trabalhar para comprar as coisas que gosta - inclusive vinhos - sem depender dos familiares.

Dona Maria entregou seu currículo em uma empresa em Promissão (SP)
Reprodução
Dona Maria entregou seu currículo em uma empresa em Promissão (SP)

Na brincadeira, o currículo foi feito e sua bisneta o entregou no frigorífico em que trabalha. A analista de atração e seleção da empresa, Juliana Araujo, ficou encantada com o currículo da idosa e o publicou nas redes sociais dizendo que se tratava de uma lição de empoderamento . "Uma lição de coragem, força e independência para todas nós", escreveu ela. Foi aí que o caso começou a ganhar força.

Apesar da vontade de dona Maria de trabalhar no escritório da empresa e fazer algo diferente, ela e a família esclarecem que a entrega do currículo não passou de uma brincadeira. A idosa trabalhou na roça desde os nove anos, e não sabe escrever. A bisneta promete, porém, levar dona Maria para conhecer o frigorífico após a pandemia .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários