Bitcoin rompe US$ 50 mil pela primeira vez nesta terça-feira
Gino Matos
Bitcoin rompe US$ 50 mil pela primeira vez nesta terça-feira

O Bitcoin bateu um novo recorde nesta terça-feira (16), alcançando  US$ 50 mil (R$ 268.518,30)  pela primeira vez. A criptomoeda subiu mais de 20% na última semana , desde que a empresa  Tesla, do magnata Elon Musk, anunciou ter comprado US$ 1,5 bilhão em bitcoin e que aceitará a moeda como pagamento .

A moeda subiu mais de 60% no ano  e mais de 1.100% desde março do ano passado , segundo a Reuters. Dados da Bloomberg mostram que o Bitcoin terminou 2020 ao redor de US$ 29 mil.

Homem mais rico do mundo, Elon Musk, o chefe da Tesla, elogiou o Bitcoin no início do mês e as criptomoedas no Twitter, mas é a primeira vez que uma empresa investe parte de seu capitalem bitcoins. Na maioria das vezes, as empresas privadas relutam em trocar seus dólares por ativos tão turbulentos.

"A alta volatilidade do bitcoin inevitavelmente levará à volatilidade dos lucros da Tesla e tornará o desempenho da empresa menos previsível", disse Ipek Ozkardeskaya, analista da Swissquote.

Outra empresa americana, a companhia de software MicroStrategy, comprou mais de um bilhão de dólares em bitcoins nos últimos meses. O otimismo cresceu ainda mais depois que, nos Estados Unidos, a Mastercard e o Bank of New York Mellon facilitaram o uso da criptomoeda.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários