Brasil Econômico

Restaurantes voltam a funcionar até as 22h na capital paulista
shutterstock
Restaurantes voltam a funcionar até as 22h na capital paulista

O governo de São Paulo anunciou, nesta sexta-feira (5), a reclassificação de 9 regiões no Plano São Paulo, que determina o funcionamento dos serviços durante a pandemia da Covid-19. Entre as mudanças, está o retorno da região metropolitana da capital paulista à fase amarela, mais flexível que a atual. A reclassificação é válida a partir do sábado (6).

Entre as mudanças imediatas está o aumento do horário permitido para funcionamento de serviços como salões de beleza e bares e shoppings. Enquanto, na fase laranja, o máximo permitido era de 8 horas por dia entre as 6h e as 20h, agora os estabelecimentos podem seguir abertos até as 22h, com horário total de 12 horas por dia em funcionamento.

Você viu?

Outra mudança é o consumo local em bares, que passa a ser permitido com horário de funcionamento de 10 horas entre as 6h e as 20h. Já no caso dos restaurantes, o consumo é permitido até as 22h, desde que com venda de bebidas alcóolicas apenas até as 20h.

A capacidade de público, porém, permanece igual: apenas 40% de lotação dos espaços é permitida, sempre com a garantia de público sentado e espaço entre as mesas. Apenas na fase 4, penúltima do plano, a quantidade de pessoas aumenta para 60% da lotação total.

Eventos, convenções e atividades culturais seguem normas semelhates, com funcionamento até as 22h de obrigação de controle de acesso, hora e assentos marcados, além da proibição de público em pé em qualquer modalidade. Assentos e filas também devem ser ordenados de forma a respeitar o distanciamento social mínimo, de 1,5 metro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários