Brasil Econômico

Governo atualiza classificação do Plano São Paulo
Agência Brasil/Rovena Rosa
Governo atualiza classificação do Plano São Paulo

O governador João Doria (PSDB) confirmou nesta sexta-feira (5) o avanço de de 9 regiões do estado para fases menos restritivas no Plano São Paulo, que determina o ritmo de funcionamento dos serviços par reduzir o contágio da Covid-19. Além disso, uma região retrocedeu no plano. A reclassificação é válida a partir de amanhã (6) em todo o estado.

Agora, seis regiões avançam da fase laranja para a fase amarela, que permite o funcionamento de mais serviços. São elas: Araçatuba, Presidente Prudente, grande São Paulo, Registro e Campinas. A classificação permite o funcionamento de bares, restaurantes e outras atividades de lazer com funcionamento de até 12h diárias e público reduzido, além dos serviços essenciais que já funcionavam na fase vermelha. 

Você viu?

As regiões de Marília, Sorocaba, São José do rio preto, Ribeirão Preto, Piracicaba, barretos, Taubaté evoluíram da fase vermelha, que permite apenas o funcionamento de serviços essenciais, para a classificação laranja, mais flexível. A região de Araraquara, que apresentou piora nos indicadores, volta à fase vermelha.

As regiões de Bauru e Franca, que já estavam na fase mais rígida do plano, permanecem na classificação. Sobre o assunto, a secretária de desenvolvimento econômico de São Paulo, Patrícia Ellen, reforçou que a recuperação econômica neste momento "depende muito do esforço de todos". Até o momento, 11 regiões estavam inclusas na fase laranja e seis na vermelha. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários