Brasil Econômico

Em Bauru, bares podem ser considerados serviços essenciais
Reprodução: ACidade ON
Em Bauru, bares podem ser considerados serviços essenciais

Um projeto aprovado pela Câmara de Vereadores de Bauru, no interior de São Paulo, inclui bares, salões de beleza, barbearias e clubes desportivos entre os serviços essenciais do município. A estratégia permite ao município contrariar as regras do Plano São Paulo, que determina o ritmo de reabertura dos serviços como forma de enfrentamento à pandemia.

A cidade de Bauru chama atenção por, desde o início da pandemia, enfrentar as medidas do plano. Atualmente na fase vermelha, mais restritiva, o município já conta com alguns hospitais muito próximos ao colapso devido ao excesso de pacientes internados para tratar a Covid-19.

Ao Estadão, o Secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Marco Vinholi, reforçou que o projeto não condiz com o entendimento do Supremo Tribunal Federal. "A regra estabelecida pelo STF coloca a competência municipal como suplementar em medidas sanitárias". Por isso, a prefeitura foi notificada pelo estado e o caso encaminhado para o Ministério Público Estadual (MPE).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários