Brasil Econômico

Bolsonaro afirmou não interferir na Petrobras
Carolina Antunes/PR
Bolsonaro afirmou não interferir na Petrobras

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, em pronunciamento nesta sexta-feira (5), que seu governo não interfere e nem irá interferir na Petrobras .

A fala aconteceu em entrevista coletiva ao lado do presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco , do ministro da Economia, Paulo Guedes , e do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque . Bolsonaro também defendeu um valor fixo para o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços ( ICMS ) sobre combustíveis .

Depois da fala de Bolsonaro , as ações da Petrobras saltaram. Às 11h34, enquanto o presidente e sua equipe ainda respondiam perguntas de jornalistas, as ações odinárias (PETR3) subiram 3,76%, enquanto as preferenciais (PETR4) avançaram 3,54%.

A preocupação do mercado de uma eventual influência do governo na Petrobras ganhou força com a ameaça de greve dos caminhoneiros , que não ganhou força .

Na noite de quinta-feira (4), em transmissão ao vivo nas redes sociais, Bolsonaro havia dito que trataria sobre a privatização da Petrobras na conversa com os ministros nesta sexta. "A Petrobras é uma empresa importante, sim. Tem que ser privatizada ou não? Qual a sua opinião? Então, é isso que a gente tem que conversar amanhã", afirmou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários