Carreata contra o aumento do ICMS
Reprodução/Rede Globo
Carreata contra o aumento do ICMS

Motoristas de caminhão fizeram uma carreata na manhã desta quarta-feira (27) em São Paulo contra o aumento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços ( ICMS ). Distribuidores de mercadores também participaram da manifestação, que reuniu, sobretudo, o setor frigorífico.

Os veículos se reuniram por volta das 08h em frente ao Estádio Municipal do Pacaembu, como informa o G1. Em seguida, saíram com quatro destinos: a sede do governoe stadual, o Ministério da Fazenda, e as marginais Pinheiros e Tietê. Por volta das 11h30, a carreata continuava acontecendo nas marginais, como informa a CNN.

As manifestações são contra o aumento do ICMS, aprovado no ano passado. Sob a gestão de João Doria, o governo estadual aprovou um pacote de ajuste fiscal na Assemvleia Legislativa que prevê a isenção do ICMS para alguns produtos.

Depois, porém, o governo voltou atrás e retirou o fim de isenção para alguns setores, como energeia elétrica e insumos médicos. Para outros, porém, o imposto é mantido - é o caso de produtos como carne, leite e feijão, que estão em setores que protestam hoje. De acordo com os morotistas, o aumento do ICMS acarretaria um acréscimo de 12% a 13% de carga tributária.

Em nota, o governo do estado diz que dialoga com o setor que critica o ICMS . Além dsso, o governo Doria alega que a manifestação tem caráter político e está sendo "incentivada por setores ligados ao bolsonarismo".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários