Gastos com leite condensado geraram polêmica nesta terça-feira
Reprodução/redes sociais
Gastos com leite condensado geraram polêmica nesta terça-feira

Depois de polêmicas envolvendo os gastos do governo federal em 2020, incluindo os R$ 15 milhões em leite condensado , o Portal da Transparência ficou fora do ar. A plataforma é o meio pelo qual a administração presta contas dos gastos públicos.

O portal saiu do ar na noite de terça-feira (26) e permaneceu sem acesso até a manhã desta quarta-feira (27). Por volta das 8h30, como informa o Estadão, o acesso foi reestabelecido.

Nesta manhã, a Controladoria-Geral da União (CGU) esclareceu, em nota, que o Portal da Transparência ficou fora do ar nesta madrugada devido a um grande volume de acessos.

De acordo com a CGU, a área de tecnologia da informação identificou a instabilidade gerada por uma sobrecarga de acessos "fora do habitual", e está apurando detalhes a fim de "identificar as causas exatas".

Ainda na nota, o órgão diz que está realizando "esforços de forma prioritária" para reestabelecer por completo a conexão o mais rápido possível. A CGU ainda disse ter "compromisso com a transparência".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários