Aproximação de Bolsonaro e Trump não foi o suficiente para comércio entre países
Alan Santos/PR - 28.6.19
Aproximação de Bolsonaro e Trump não foi o suficiente para comércio entre países

A aproximação do presidente Jair Bolsonaro com o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump , não foi o suficiente para impedir a queda no comércio entre os dois países em 2020, em meio à pandemia de Covid-19 .

De acordo com um levantamento da Ancham Brasil, que teve como base dados do ministério da Economia, 2020 foi o pior dos últimos 11 anos no que diz respeito ao intercâmbio comercial entre Brasil e Estados Unidos . As informaçãoes foram divulgadas pelo G1.

Um dos grandes vilões para esse resultado foram as barreiras tributárias impostas pelo governo Trump , que prejudicaram a indústria brasileira.

De acordo com os dados, a corrente de comércio entre os dois países caiu 23,8% em relação a 2019. E a culpa não foi só da pandemia . Isso porque, olhando para os número gerais, a balança comercial brasileira caiu 9%.

"O setor siderúrgico foi muito afetado. Há restrições em vigor desde 2018, que tiveram efeito nos dois anos passados, mas foram ainda mais negativas em 2020", afirma Abrão Neto, vice-presidente executivo da Amcham Brasil, ao G1. O especialista acredita que os níveis voltarão aos registrados antes da pandemia ainda este ano.

Enquanto as exportações para os EUA caíram em 2020, o mesmo não aconteceu com outros países. O Brasil exportou mais para a China em 2020 do que em 2019, por exemplo. O único país que reduziu a importação de produtos brasileiros mais que os EUA doi a Holanda. A China segue sendo o maior mercado para o qual o Brasil exporta.

Com o fim do governo Trump , novas negociações devem ser traçadas entre Bolsonaro e Joe Biden . O presidente norte-americano já sinaliza que deve pressionar o Brasil a cuidar do meio ambiente a fim de fechar mais acordos comerciais.

    Leia tudo sobre: Donald Trump

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários