Brasil Econômico

Vitor Lima
Divulgação/Brasil Econômico
Vitor Lima, especialista em e-commerce, foi o convidado do Brasil Econômico Ao Vivo desta quinta (14)

Com a chegada pandemia, o comércio digital foi uma solução que as empresas encontraram para driblar as medidas de distanciamento social. Durante a live do Brasil Econômico desta quinta-feira (14), o especialista em e-commerce, Vitor Lima, comentou sobre as expectativas deste mercado para 2021 e como se manter nele.

O e-commerce teve um crescimento muito rápido em 2020 e os marketplaces representam quase 80% de todas as compras que são feitas online. O Magis5 , um hub de integração e automação para vender em marketplaces, empresa da qual Lima é CEO, por exemplo, cresceu 130% e quintuplicou o faturamento 

“A tendência para 2021 é seguir a tendência do próprio marketplace” , afirma Vitor. O especialista explicou que o crescimento dessa forma de venda é que os vendedores respeitem as regras de funcionamento das plataformas.

“No Mercado Livre , por exemplo, o vendedor é obrigado a enviar em até 24 horas. Se você atrasa esse produto, a sua reputação cai, os seus anúncios começam a não aparecer mais e o próprio marketplace começa a dar relevância para um outro vendedor que está fazendo um trabalho melhor”, explica.

Você viu?

Vitor orienta os novos utilizadores destas plataformas online para que iniciem em marketplaces como o Mercado Livre com o registro do CPF e, futuramente, entrem em outros sites já com a marca consolidada na internet, usando o CNPJ.


Lives do Brasil Econômico

As entrevistas sempre contam com a participação de jornalistas convidados e são transmitidas simultaneamente no perfil do Facebook do iG  e no canal do YouTube . Internautas poderão interagir e mandar perguntas durante a entrevista.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários