Brasil Econômico

Aumento do ICMS passa a valer em Janeiro
Divulgação
Aumento do ICMS passa a valer em Janeiro

Produtos como carnes, frutas, verduras e o etanol devem ficar mais caros a partir deste mês no estado de São Paulo. A alta nos preços se deve a redução de benefícios no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, o ICMS , aprovada pela Assembleia Legislativa em outubro do ano passado.

A compra de carros novos e seminovos e a aquisição de TVs por assinatura também devem encarecer com a alta do imposto.

No caso do etanol , por exemplo, a alíquota, que antes representava 12% do valor do combustível, passará para 13,3%. Os hortifrútis , que eram isentos de impostos, agora terão que pagar 4,14% de ICMS. Já os alimentos da cesta básica não devem ter aumento neste momento.

Outro setor que será afetado pela medida, é o de energia elétrica . Até dezembro de 2020, as contas de energia não calculavam o imposto estadual, entretanto, com a vigência da redução de benefícios, as faturas terão aumento de 12%.

As medidas aprovadas fazem parte de um pacote do governo estadual que visa diminuir os gastos em meio à crise econômica causada pela pandemia. De acordo com o projeto, as mudanças vão provocar a injeção de R$ 7 bilhões nos cofres do estado. O dinheiro, segundo a Alesp, será destinado para gastos das pastas da saúde, educação e segurança pública. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários