Brasil Econômico

praia são sebastião aglomeração
Elton Ramos/Polícia Militar de São Sebastião
Praia de São Sebastião, um dos municípios que decidiu contrariar o governador João Doria e o plano São Paulo no Réveillon

As prefeituras de Ubatuba, São Sebastião, Ilhabela e Caraguatatuba, municípios do litoral norte paulista, decidiram contrariar o governador João Doria (PSDB), permanecendo na  fase amarela do Plano São Paulo na virada do ano, o que permite que praias, bares e lojas fiquem abertos.

O plano de reabertura da economia de Doria prevê que todo o estado de São Paulo volte para a fase vermelha , a mais restritiva , a partir de 0h do dia 1º de janeiro até 3 de janeiro. Segundo o governo do estado, a medida é necessária para conter a disseminação do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Nesta segunda-feira (28), o governo Doria notificou 19 cidades que descumpriram a determinação de retornar para a fase vermelha no Natal, permitindo abertura de lojas e restaurantes.

"Cada município decidiu de forma individual levando em conta a sua realidade. Nós temos números baixos de covid-19 e apenas 12% de ocupação de leitos de UTI", disse o prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto (PSDB), sobre a decisão de o litoral norte paulista descumprir o Plano São Paulo no Réveillon.

São Sebastião foi um dos 19 municípios notificados pelo governador por descumprir o plano de reabertura econômica no Natal, entre 25 e 27 de dezembro.

Completam a lista de cidades notificadas Caraguatatuba e Ubatuba (litoral norte); Mogi das Cruzes e Cotia (Grande São Paulo); Bauru, Olímpia, Catanduva, Socorro e Franca (interior); e Bertioga, Cubatão, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Praia Grande, Santos e São Vicente (Baixada Santista).

Apesar de as praias ficarem abertas com o descumprimento do Plano São Paulo na virada do ano, as tradicionais festas de Réveillon seguem canceladas no litoral norte do estado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários