eua auxilio
MARCELLO CASAL JR./AGÊNCIA BRASIL
US$ 900 bilhões serão disponibilizados no plano

O Congresso dos Estados Unidos aprovou, na noite dessa segunda-feira (21), um pacote de estímulos à economia que totaliza quase US$ 900 bilhões.

Fruto de um acordo bipartidário após meses de tratativas, o texto recebeu o aval da Câmara dos Representantes e do Senado e agora aguarda sanção do presidente Donald Trump .

"Aplaudo o pacote de alívio, mas nosso trabalho ainda está longe de terminar. Começando o novo ano, o Congresso precisará trabalhar imediatamente para suportar nosso plano contra a Covid-19 . Minha mensagem para todo mundo que está sofrendo agora: a ajuda está a caminho", disse no Twitter o presidente eleito Joe Biden.

O pacote inclui financiamento para distribuição de vacinas contra o novo coronavírus (Sars-Cov-2), benefícios de US$ 300 por semana para desempregados e uma nova rodada de cheques de estímulos, mas desta vez de US$ 600, metade do valor praticado em março.

Além disso, também estão previstos US$ 100 bilhões para ajudar escolas e creches a reabrirem e US$ 25 bilhões em auxílios habitacionais para evitar despejos.

Os EUA são o país mais atingido do mundo pela pandemia em termos absolutos, com 18 milhões de casos e quase 320 mil mortes.

    Leia tudo sobre: donald trump

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários