Brasil Econômico

OCDE
Reprodução/iG Minas Gerais
OCDE prevê forte queda no PIB brasileiro e orienta Governo para retomar a economia

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) recomendou, nesta quarta-feira (16), que o Governo Federal aumente o valor e quantidade de beneficiários do programa Bolsa Família . De acordo com o relatório enviado pela entidade, o benefício tem papel fundamental para a queda nos índices de pobreza no país.

O documento traz orientações para agilizar reformas travadas no Congresso Nacional e alternativas que devem ser usadas na retomada econômica do Brasil. A organização, que acompanha o desenvolvimento de países ricos e no qual o país quer fazer parte, ressalta a importância de reestruturar as contas públicas para mantar o teto dos gastos .

A OCDE ainda divulgou a projeção para PIB de 2020 do Brasil. No relatório, a organização apontou projeção de queda de 5% na arrecadação, número maior do que preveem o Ministério da Economia e o mercado financeiro.

A equipe de Paulo Guedes espera um recuo de 4,5% no PIB deste ano e saldo positivo de 3,20% em 2021 e de 2,50% em 2022. Já analistas do Banco Central, aguardam o fechamento negativo de 4,4% no PIB em 2020 e crescimentos de 3,50% em 2021 e 2,50% em 2022.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários