Agência Brasil

Cristo Redentor
Fernando Maia/Riotur
Cristo Redentor iluminado por fogos no réveillon

Pesquisa divulgada pelo Sindicato dos Meios de Hospedagens do Município do Rio de Janeiro (Hotéis Rio) revela que, até o momento, cerca de 58% dos quartos de hotéis da cidade já estão reservados para o Réveillon 2020/2021. Essa é a segunda prévia de ocupação hoteleira para a data.

A estimativa é dez pontos percentuais abaixo da r egistrado no mesmo período do ano passado (68%).

Mas, apesar disso, o índice é considerado positivo pelo Hotéis Rio , dentro do cenário de pandemia do novo coronavírus, que resultou no cancelamento da tradicional festa da virada do ano na praia de Copacabana , zona sul da capital fluminense.

Os bairros mais procurados pelos turistas são o centro da cidade (67%), Copacabana e Leme (63%). Em seguida, aparecem Flamengo (61%), Recreio dos Bandeirantes (59%), Barra da Tijuca (52%) e Ipanema/Leblon (51%).

Na avaliação do presidente do Hotéis Rio e conselheiro da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro (ABIH-RJ), Alfredo Lopes, os números apurados confirmam o otimismo do setor hoteleiro para a festa da virada.

Segundo Lopes, os hotéis estão totalmente preparados e seguem rígidos protocolos de prevenção da covid-19 , preparando festas privativas para oferecer um ambiente festivo e seguro aos turistas que buscam locais para confraternizar em pequenos grupos familiares ou de amigos, depois de um ano difícil.

“A procura aquecida para o interior é um retrato do público deste Réveillon: prioritariamente nacional, proveniente do próprio estado ou de vizinhos próximos, como São Paulo e Minas Gerais, e com perfil familiar”, disse Lopes.

Interior

Segundo Alfredo Lopes, o turismo rodoviário deverá ser o grande propulsor da retomada do turismo. Daí a procura do interior do estado estar ainda mais aquecida.

De acordo com sondagem da ABIH-RJ, a ocupação fora da capital apresenta média de 81%.As cidades mais procuradas são Angra dos Reis (92,37%), Itatiaia/Penedo (90,17%) e Arraial do Cabo (90%). Na sequência vêm Búzios (88,75%), Petrópolis (88,31%), Paraty (86,05%) e Teresópolis (85,25%), seguidos por Valença/ Conservatória (81,88%), Vassouras (75,58%), Nova Friburgo (71,88%) e Cabo Frio (63,67%). Macaé registra, até o momento, 58,21% de ocupação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários