Brasil Econômico

Gado
Macos Santos/USP Online
China diz ter detectado o novo coronavírus em carne importada do Brasil


A Comissão Municipal de Saúde de Wuhan divulgou nesta sexta-feira (13) que detectou o novo coronavírus (Sars-CoV-2) em três amostras da parte externa de embalagens de um lote de carne bovina de agosto da companhia brasileira Marfrig.


A carne chegou a China por meio do porto de Qingdao em 7 de agosto, e depois, no dia 17, chegou em Wuhan, onde ficou em um frigorífico até recentemente.

Segundo apuração da agência Reuters, a comissão disse que o código de registro do exportador da carne era de 2015 e que se refere a uma fábrica da Marfrig Global Foods.

A Marfrig disse que não irá comentar sobre o assunto.

Depois do ocorrido, a comissão informou que mais de 100 funcionários na instalação de Wuhan realizaram testes para detectação do novo coronavírus e que coletaram 200 amostras ambientais.

Em junho, a China começou a realizar testes em alimentos importados . Em setembro, encontrou apenas 22 amostras positivas de quase 3 milhões, mas a comissão precisou intensificar os testes e a desinfecção nesta semana devido a descoberta de alguns trabalhadores portuários com o vírus.

Nesta semana, as autoridades chinesas também encontraram o novo coronavírus na embalagem da carne bovina da Argentina . Outra amostra de carne importada  também foi considerada positiva em Shandong, informou a província nesta sexta.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários