Brasil Econômico

frango no pote rede
Divulgação
Da churrasco em casa a uma rede milionária de lojas, Frango no Pote é exemplo em empreendedorismo no Brasil

Uma das marcas do Brasil no exterior além de futebol, Carnaval e festa é o churrasco . Paixão de muitos brasileiros, o tradicional churrasquinho de fim de semana é, para muita gente, o momento de descontração, de reunião de família e amigos, de fugir do dia a dia. Para Carlos Augusto Nepomuceno da Silva, também foi assim até meados de 2012. Diante da churrasqueira de casa, no entanto, ele resolveu ousar. Por que não tornar essa paixão em trabalho ?

Orientador educacional, ele trabalhou em uma escola tradicional do Distrito Federal por 21 anos, mas há pouco mais de oito anos decidiu empreender, o que sempre gostou. Carlão, como é conhecido pelos mais próximos, resolveu vender frango frito por delivery em Arniqueiras (DF), onde residia. Começou devagar, divulgando seu serviço na extinta rede social Orkut, e logo pôde criar esperança: logo no primeiro dia, recebeu cinco ligações de interessados. Surpresa positiva logo no começo de sua jornada hoje milionária.

Assim nasceu o Frango no Pote , rede de alimentação que já conta com 23 unidades em operação – sendo três próprias e 20 franqueadas - e outras 12 em implantação. Com presença marcada nos estados de São Paulo, Goiás, Minas Gerais, Acre, Pará, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Bahia, Mato Grosso e Rio Grande do Sul, além do Distrito Federal, a rede é comandada por Carlos Augusto Nepomuceno da Silva Júnior, 21, graduado em Gastronomia, o filho de Carlão, que antes de assumir a empresa fez intercâmbio para aprimorar seus conhecimentos de faculdade. Antes de virar CEO, ele ocupou o cargo de Diretor de Operações na Frango no Pote.

O pai, criador da rede, hoje cuida das finanças da empresa gereciada pelo seu filho, que desde muito novo sonha em empreender e aliar essa paixão com a que levou para sua graduação, a gastronomia . Desde os 14 anos, Carlos Júnior ajuda o pai na Frango no Pote, onde hoje é CEO. Ainda mais novo, ele vendia cookies na escola para ter seu próprio dinheiro. Hoje, essas paixões - empreendedorismo e gastronomia - andam juntas e rendem um bom dinheiro para ele e, claro, seu pai.

A Frango no Pote ganhou, em junho de 2012, sua primeira loja física, que acabou tendo grande sucesso em Brasília. Dois anos depois, em 2014, o Frango no Pote abriu sua primeira loja franqueada, no JK Shopping, e filiou-se à Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Em 2016, a marca que surgiu da paixão e da ideia dos churrascos em casa já era considerada a maior franquia de frango frito do Centro-Oeste brasileiro. "Sabia que a hora certa de ter meu próprio negócio chegaria. Apostei todas as minhas fichas no Frango no Pote e não me arrependo", celebra Carlão.

O diferencial dos produtos da empresa? Para Carlos Júnior, é valorizar a cultura brasileira e a rica gastronomia local. "Nosso modo de preparo, diferentemente de outras redes, coloca o paladar e os costumes brasileiros em primeiro lugar", explica o CEO. "Nosso frango é sequinho e crocante por fora e suculento por dentro. Nosso tempero, molhos e farinha são exclusivos", garante.

frango no pote e 300 merchandising
Divulgação
Frango no Pote anunciou parceria com a 300 merchandising em agosto deste ano

Em agosto deste ano, a empresa passou a integrar o rol de marcas aceleradas pela 300 Franchising Exponencial , um empreendimento liderado pelos irmãos Leonardo e Leandro Castelo, fundadores da Ecoville. Em menos de 20 dias dessa parceria, a rede já havia vendido sete novas unidades. A pandemia não conseguiu parar a Frango no Pote, que viu seu faturamento crescer em média 14% por mês.

Na parceria com os franqueados, a rede oferece cardápio variado, que busca garantir competitividade em várias faixas de horário, com operação simplificada, insumos compartilhados, amplo suporte logístico e na pré e pós-inauguração.

Até o fim de 2020, a projeção da empresa é contar om 74 unidades (abertas e em fase de implantação) em todo o Brasil. A expectativa é ter um faturamento de R$ 30 milhões, 50% maior do que no ano passado. E os planos não param. Para o ano que vem, são esperadas 50 novas lojas entre vendidas e implantadas.

"Cada empresa que nos associamos é escolhida cuidadosamente para que possamos dominar o segmento", diz Ronaldo Camargo, diretor de Marcas da 300 Franchising, que tem parceria com a Frango no Pote.

"Vimos na ponta o sucesso que os franqueados estão obtendo, a estrutura de suporte da franqueadora e a mentalidade empreendedora dos fundadores e temos certeza de que em breve seremos a maior rede de franquias de frango frito do país e uma das maiores do setor da alimentação", projetou.

    Leia tudo sobre: empreendedorismo

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários