Brasil Econômico

Viaturas paradas na rua
Receita Estadual/MG
Operação Miopia inicia investigação para recuperar R$ 6 milhões em sonegação de imposto


A Receita Estadual e o Ministério Público iniciaram, nesta quinta-feira (22), a " Operação Miopia"  que combate um esquema de sonegação de impostos de empresários de óticas , em Montes Claros, região norte de Minas Gerais. Ao todo, seis mandados de busca e apreensão foram cumpridos, sendo dois deles em endereços comerciais e quatro em residências.


Segundo os primeiros levantamentos feitos por auditores da Receita Estadual, a empresa, que vende produtos em Minas Gerais e em outros estados, maquiava o balanço contábil, e não recolhia os impostos . Só nos últimos cinco anos, não foram recolhidos R$ 6 milhões em Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

A investigação também revelou que a fraude era sofisticada, incluindo pedido de recuperação judicial da empresa que é alvo da operação e criando outras de fachada, abertas por “laranjas”.

Segundo Saulo Siqueira, superintendente regional da Fazenda em Montes Claros, “nossas equipes identificaram que, para estabelecer concorrência desleal, prejudicar fornecedores e, principalmente, deixar de recolher o ICMS , a empresa montou uma verdadeira teia de irregularidades com o propósito de enganar a Receita Estadual”. 

O superintendente também explicou que todo o material apreendido será analisado pelos auditores fiscais e que há possibilidade de o valor sonegado ser ainda maior.

    Veja Também

      Mostrar mais