Auxílio Emergencial: Bolsonaro deve confirmar os R$ 300 em reunião com parlamentares
TV Brasil/Reprodução
Auxílio Emergencial: Bolsonaro deve confirmar os R$ 300 em reunião com parlamentares

O presidente da República, Jair Bolsonaro , deverá confirmar, na terça-feira (1º), o valor de R$ 300 das parcelas da prorrogação do auxílio emergencial. A notícia foi dada primeiramente pelo portal UOL, nesta segunda-feira (31).

Bolsonaro se reuniu com líderes da base do governo no Congresso Nacional para tratar do assunto pela manhã na Alvorada.

As parcelas do auxílio emergencial de R$ 600 acabaram em agosto e o governo planeja estender o benefício, em um valor menor, até o fim do ano. Bolsonaro defende o valor de R$ 300, após sua popularidade ter disparado com o pagamento da ajuda financeira. A equipe econômica, por sua vez, quer um valor menor, entre R$ 200 e R$ 270.

O presidente ainda não cravou um valor para as novas parcelas da ajuda criada durante a pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2). A expectativa é que Bolsonaro faça isso amanhã em sua reunião.

Outras questões que devem ser discutidas

Além do auxílio, o presidente e os líderes deverão discutir sobre as prioridades do governo no Parlamento para até dezembro. De acordo com o UOL, um líder governista afirmou que o foco será aprovar a proposta do Orçamento de 2021 e a PEC do Pacto Federativo , com o programa Renda Brasil podendo ser incorporado.

Por meio do Renda Brasil, o governo quer unificar o Bolsa Família com outros benefícios, incluindo o Auxílio Emergencial, criando uma marca do governo Bolsonaro. A PEC do Pacto será relatada pelo senador Márcio Bittar (MDB-AC).

    Veja Também

      Mostrar mais