frango
MPTRS/Flickr
Produção de frango no Rio Grande do Sul; ministra disse não acreditar que a exportação fosse impactada com a notícia do frango contaminado

Nesta sexta-feira (14), o Departamento da Agricultura das Filipinas anunciou a suspensão temporária da importação de frango brasileiro. A proibição se dá um dia depois de  autoridades chinesas detectarem a presença no novo coronavírus (Sars-Cov-2) em um lote de  frango importado do Brasil.

Em 2019, as Filipinas compraram US$ 35 milhões em frango brasileiro, segundo dados do Ministério da Economia.

Na quinta-feira (13), a  ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse não acreditar que o caso do frango contaminado pudesse impactar as  exportações nacionais. Ela argumentou que não há evidências científicas que a doença Covid-19 seja adquirida pela alimentação. 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) se pronunciou após o caso, dizendo que não se deve ter medo da contaminação pelo novo coronavírus pela alimentação. "As pessoas não devem temer alimentos e embalagens de alimentos. Não há evidências de que a cadeia alimentar esteja contribuindo para a transmissão desse vírus", disse Mike Ryan, chefe do programa de emergências da OMS.

Mesmo assim, as Filipinas impuseram o fim temporário da importação de frango do Brasil. 

    Veja Também

      Mostrar mais