Conselho Curador do FGTS se reúne nesta terça para definir nova liberação de dinheiro do Fundo
Arquivo/Agência O Globo
Conselho Curador do FGTS se reúne nesta terça para definir nova liberação de dinheiro do Fundo

O Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) se reúne nesta terça-feira (11) para autorizar a liberação de R$ 7,5 bilhões do lucro registrado pelo Fundo no ano passado. A informação é do jornal O GLOBO .

Segundo a reportagem, serão beneficiados pela nova liberação todos os que tinham saldo na conta vinculada do FGTS em 31 de dezembro de 2019. A Caixa Econômica Federal teria até o fim do mês de agosto para realizar o crédito nas contas dos trabalhadores.

Integrantes do Conselho Curador disseram ao GLOBO que o governo distribuirá os R$ 7,5 bilhões do FGTS buscando garantir que todos os trabalhadores tenha um ganho acima da inflação e da poupança, ou seja, um ganho real.

Forma segura de ver o dinheiro em seu nome render, as contas vinculadas ao FGTS são remuneradas a 3% ao ano, mais Taxa Referencial (TR), que hoje está zerada. Com a taxa básica de juros, a Selic, a 2%, essa rentabilidade de 3% do FGTS já vale mais a pena do que a poupança, títulos do Tesouro Nacional e outras aplicações comuns e conservadoras.

Com a distribuição de lucros, o rendimento do FGTS em 2019 chegou a superar 6%. Neste ano, a expectativa é que esse número caia, segundo integrantes da equipe econômica.

As recentes liberações de saques do FGTS , como o de R$ 500, em 2019 , e o FGTS emergencial de até R$ 1.045 , neste ano, reduziram o montante disponível para liberação do Fundo, e a nova liberação, segundo o GLOBO, será só de parte do lucro do ano passado e deve ser menos abrangente do que os saques considerados emergenciais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários