exportações
Tânia Rêgo/Agência Brasil
Investimento direto no Brasil tem menor resultado para o primeiro semestre desde 2015

Com o ingresso de US$ 4,8 bilhões em junho, o Investimento Direto no País (IDP) fechou o semestre em US$ 25,4 bilhões, a menor entrada para o período desde 2015, quando o IDP foi de US$ 25,3 bilhões. As incertezas econômicas causadas pela crise do novo coronavírus (Sars-Cov-2) levaram a um forte retração de investimentos em países emergentes com o Brasil. A estatística foi divulgada pelo Banco Central (BC) nesta terça-feira (28).

Em momentos de crise, investidores tendem a adiar investimentos ou redirecionar recursos para ativos mais seguros, por exemplo, em países que oferecem menos incertezas e riscos.

Apesar da queda brusca em relação aos anos anteriores, o IDP vem subindo desde que registrou, em abril, o pior resultado em 25 anos . O ingresso de US$ 4,8 bilhões em junho superou a expectativa do BC, que era de US$ 3,5 bilhões. Para julho, o Banco Central espera ingresso líquido de US$ 2 bilhões.

Nos últimos doze meses, o IDP registrou ingresso de US$ 71,7 bilhões (4,41% do PIB) resultado superior aos US$ 67,5 bilhões (4,05% do PIB) no período anterior.

    Veja Também

      Mostrar mais