Brasil Econômico

loja mrv
Reprodução/Facebook
Procon notificou MRV por vender móveis planejados de parceiro que não fazia entregas

O Procon-SP informou nesta quarta-feira (15) notificação à MRV Engenharia por não entregar móveis planejados vendidos. Segundo denúncia de consumidores ao jornal Bom Dia São Paulo, da TV Globo, a Fortte Móveis Planejados, empresa que vendia e não entregava os móveis, era indicada pela MRV e fazia vendas dentro dos plantões da construtora.

"De acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC), a MRV tem responsabilidade solidária pelo descumprimento do contrato, já que a Fortte Móveis Planejados atuava dentro de seus locais de venda. A MRV deve indenizar e reparar os consumidores pelos danos causados", disse o diretor-executivo do Procon-SP, Fernando Capez.

Segundo o Procon , a primeira tentativa é buscar conciliar consumidores e MRV com o atendimento dos pedidos, sejam eles de cancelamento da compra com a devolução dos valores pagos ou a entrega dos produtos comprados da Fortte Móveis Planejados.

Nesta quarta, os consumidores Sandra Heidrich e Paulo Caires estiveram no Procon representando 95 famílias que se dizem lesadas pela MRV e o Grupo Fortte com as vendas não entregues.

Fernando Capez, com os representantes das famílias, explica o caso:

Caso não haja solução, o órgão de fiscalização diz que pode impor multa à empresa e encaminhar os fatos ao Juizado Especial Civil para reparação do dano aos consumidores . O Procon ainda afirma que vai apresentar o caso à polícia e acompanhar o inquérito.

    Veja Também

      Mostrar mais