Brasil Econômico

dolar
shutterstock
Dólar teve alta: desemprego no Brasil e nova onda de Covid-19 foram motivos

Nesta terça-feira (30), o  dólar  fechou em R$ 5,439, com alta de 0,25%. O Ibovespa, principal índice de ações brasileiro, encerrou em queda de 0,71% aos 95.055 pontos.


A pandemia de Covid-19 e uma nova onda de contágio continuam sendo as preocupações do mercado. A maior expectativa é pelo anúncio de algum tipo de vacina contra a Covid-19.

No Brasil, o IBGE mostrou que a taxa de desemprego subiu para 12,9% no trimestre encerrado em maio, com o país perdendo 7,8 milhões de empregos em relação ao trimestre anterior.

No exterior, as tensões geopolíticas entre China e EUA também formam o cenário atual de incertezas. A aprovação do parlamento chinês de uma nova lei de segurança nacional para Hong Kong deixa os investidores receosos porque ampliaria essas tensões.

As Bolsas europeias fecharam de formas diversas: Frankfurt subiu 0,64%, Londres recuou 0,90% e Paris caiu 0,19%. Já no continente asiático, as bolsas encerraram a sessão desta terça (30). A indústria chinesa subiu de 50,6 em maio para 50,9 em junho, mosstrando recuperação da segunda maior economia do mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários