Fraudes foram barradas por CGU
Agência Senado / Divulgação
Fraudes foram barradas por CGU

Nesta terça-feira (9), o ministro-chefe da Controladoria Geral da União (CGU), Wagner Rosário, comentou tentativas de fraude no auxílio emergencial de R$ 600. Em reunião ministerial transmitida pela TV Brasil, Rosário afirmou que mais de 22 mil brasileiros que vivem no exterior pediram a renda emergencial.

Leia:
Auxílio emergencial: Dataprev admite fraudes e aprimoramento 'sem descanso'
'Temos só 25% do esperado de fraudes', diz presidente da Caixa

No entanto, a CGU garante que impediu que essas fraudes ocorressem, barrando o repasse do dinheiro aos brasileiros que vivem fora do país.

Rosário também comentou sobre pessoas de  classe alta envolvidas em fraudes no auxílio emergencial: 86 mil donos de veículos cujo valor de mercado ultrapassa os R$ 60 mil pediram o benefício, em tentativa de fraude.

O auxílio emergencial é destinado aos cidadãos em situação de vulnerabilidade econômica diante da crise econômica gerada pela pandemia de Covid-19. Para se cadastrar ao  auxílio, é preciso se enquadrar nos requisitos divulgados pela Caixa Econômica Federal.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários