caixa
Palácio do Planalto/Flickr
Presidente da Caixa, Pedro Guimarães; Baixa aderência ao programa da Caixa se dá por custo das operações ainda ser elevado

Em 40 dias, a Caixa Econômica Federal emprestou apenas R$ 1 bilhão da linha de financiamento, destinada a micro e pequenas empresas, além de empreendedores individuais (MEI), durante a pandemia do novo coronavírus. Esse valor corresponde a 13,3% dos R$ 7,5 bilhões destinados ao programa.

Leia:
Caixa e Sebrae criam crédito de R$ 7,5 bilhões para micro e pequenas empresas
BNDES cria programa de apoio a pequenas e médias empresas

Foram fechadas ao todo 12,6 mil operações. Lançada em 20 de abril, a modalidade conta com a parceria do Sebrae. As taxas de juros variam entre 1,19% e 1,59% ao mês, com carência e prazo de pagamento de 24 meses a 36 meses.

O valor do empréstimo depende do porte da empresa: de até R$ 12,5 mil para microempreendedores; de até R$ 75 mil para microempresas e de até R$ 125 mil para pequenas empresas.

Sócios com o nome negativado não podem ter acesso à nova linha. Nas operações, a Caixa conta com a garantia do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe) do Sebrae para cobrir uma parte da inadimplência da carteira como um todo.

Apesar da redução de até 40% nas taxas, a linha teve pouca adesão das empresas porque o custo das operações ainda é considerado elevado  na situação atual.

Na avaliação de técnicos da equipe econômica, o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), será mais efetivo porque o Tesouro Nacional vai cobrir todo o risco da operação e até 85% em caso de inadimplência de toda a carteira. Além disso, a taxa de juros — 1,25% ao ano, mais a taxa Selic (atualmente em 3% ao ano) — é mais atraente, com prazo de carência.

O programa pode ser operado por vários bancos, mas a expectativa é que a Caixa seja o principal agente financeiro. O governo venceu as etapas burocráticas e espera que a linha esteja disponível a partir da próxima semana.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários