aplicativo
Lucas Tavares/Zimel Press / Agência O Globo
Veja o passo a passo para obter o aplicativo da Caixa Econômica Federal

O beneficiário do auxílio emergencial de R$ 600 que receber a ajuda do governo federal por meio da poupança social digital aberta pela Caixa Econômica Federal pode, ao invés de sacar o dinheiro no banco, pagar contas e fazer compras com o cartão de débito virtual, emitido gratuitamente por meio do aplicativo Caixa Tem.

Leia também: Auxílio emergencial: 8,3 milhões começam a receber primeira parcela nesta terça

Essa forma de pagamento já está sendo aceita em diversos estabelecimentos comerciais do país, a exemplo dos mercados Assaí, Extra, Pão de Açúcar e Carrefour. Dessa forma, não é preciso enfrentar longas filas nas agências bancárias ou nas casas lotéricas.

Veja o passo a passo para emitir o cartão virtual

  1. O primeiro passo é verificar se o aplicativo Caixa Tem está atualizado. Se não estiver, é preciso baixá-lo novamente na Google Play (aparelhos com sistema Android) ou na App Store (dispositivos com sistema iOS). Feito isso, para emitir o cartão, basta clicar na opção Cartão de Débito Virtual, apresentada logo na tela inicial.
  2. Depois disso, vai aparecer uma tela com duas opções: "Quero saber mais" e "Usar meu cartão virtual agora". A segunda deve ser selecionada.
  3. Em seguida, será necessário digitar a senha do app Caixa Tem.
  4. Vai aparecer na tela, então, uma imagem com os dados do seu cartão virtual, incluindo nome, número com 16 dígitos, validade e código de segurança com três dígitos. Já é possível utilizá-lo.

A cada compra, o número do cartão permanecerá o mesmo, mas o código de segurança será alterado. Por ser um cartão de débito, não é possível fazer parcelamentos, apenas utilizá-lo para compras à vista, desde que haja saldo na conta do beneficiário.

Redes de supermercados também já aceitam essa forma de pagamento. Com o cartão de débito virtual do auxílio emergencial, é possível pagar mantimentos e produtos de higiene, quitar boletos e usar o valor em itens de farmácia ou combustível.

Outra alternativa de uso são compras pela internet. No aplicativo do Magazine Luiza, por exemplo, após colocar os produtos no carrinho, o consumidor pode escolher o meio de pagamento entre boleto, cartão de crédito ou cartão de débito virtual Caixa. Após selecionar essa última opção, deve-se preencher o número, o nome e a validade. No e-commerce, o limite para compra diária é de mil reais.

Leia também: “Não temos opções”: trabalhadoras informais relatam queda de até 70% na renda

Os sites e os aplicativos do e-commerce B2W — que inclui Lojas Americanas, Submarino e Shoptime — também já começaram a aceitar pagamentos via cartão digital , inclusive no app de cashback Ame Digital.

    Veja Também

      Mostrar mais