Caixa
Jorge Hely / Agência O Globo
Fila em agência da Caixa em Rocha Miranda, no Rio

O governo divulgou nesta sexta-feira (15) o calendário da segunda parcela do auxílio emergencial. Quem tem conta digital da Caixa poderá movimentar o dinheiro a partir de 20 de maio, data em que começam a ser feitos os depósitos. Para isso, devem usar o aplicativo Caixa Tem.

Leia também: Auxílio Emergencial: com vetos, Bolsonaro sanciona ampliação de beneficiários

O saque nas agências da Caixa ou lotéricas só será possível a partir de 30 de maio e será escalonado de acordo com a data de nascimento. Até lá, os informais, autônomos e microempreendedores individuais (MEIs) que tiverem recebido o dinheiro só poderão usá-lo para pagamento de contas, de boletos e realização de compras por meio de cartão de débito virtual.

A ideia é também acabar com a sobreposição de pagamento com os beneficiários do Bolsa Família (que farão os saques de 18 a 29 de maio). Portanto, o pagamento da segunda parcela será mais espaçado.

"Nas datas indicadas (confira o primeiro cronograma abaixo), os recursos estarão disponíveis apenas para o pagamento de contas, de boletos e para realização de compras por meio de cartão de débito virtual", informou o governo. Essa movimentação de recursos continuará sendo feita pelo aplicativo Caixa Tem .

Leia também: Caixa anuncia início do pagamento da segunda parcela do auxílio

Segundo o governo , 58 milhões de pessoas estão aptas a receber o auxílio em todo o país. Desse total, 28 milhões são pessoas que não recebiam nenhum benefício social e que se inscreveram pelo site do banco ou pelo aplicativo Caixa / Auxílio Emergencial.

As novas datas foram publicadas no Diário Oficial da União, por meio da Portaria 386, do Ministério da Cidadania.

Veja o calendário completo

Para depósito em conta

  • nascidos em janeiro e fevereiro: 20 de maio (5 milhões de pessoas)
  • nascidos em março e abril: 21 de maio (5,3 milhões de pessoas)
  • nascidos em maio e junho: 22 demaio (5,3 milhões de pessoas)
  • nascidos em julho e agosto: 23 de maio (5,2 milhões de pessoas)
  • nascidos em setembro e outubro: 25 de maio (5,2 milhões de pessoas)
  • nascidos em novembro e dezembro: 26 de maio (5 milhões de pessoas)

Para saque e transferência bancária

  • nascidos em janeiro: 30 de maio (2,6 milhões de pessoas)
  • nascidos em fevereiro: 1 de junho (2,4 milhões de pessoas)
  • nascidos em março: 2 de junho (2,7 milhões de pessoas)
  • nascidos em abril: 3 de junho (2,6 milhões de pessoas)
  • nascidos em maio: 4 de junho (2,7 milhões de pessoas)
  • nascidos em junho: 5 de maio (2,6 milhões de pessoas)
  • nascidos em julho: 6 de maio (2,6 milhões de pessoas)
  • nascidos em agosto: 8 de maio (2,6 milhões de pessoas)
  • nascidos em setembro: 9 de maio (2,6 milhões de pessoas)
  • nascidos em outubro: 10 de maio (2,6 milhões de pessoas)
  • nascidos em novembro: 12 de maio (2,5 milhões de pessoas)
  • nascidos em dezembro: 13 de maio (2,5 milhões de pessoas)

    Veja Também

      Mostrar mais