Plataforma petróleo
-
Maioria dos contaminados são trabalhadores da Petrobras

As empresas e órgãos dos setores de energia, mineração e petróleo do país registraram um total de 1.754 casos de trabalhadores confirmados com a Covid-19  – já excluídos os recuperados, de acordo com o Ministério de Minas e Energia.

Desse total de trabalhadores contaminados e que estão de quarentena, 806 são de trabalhadores próprios e terceirizados da Petrobras. A companhia explicou teve 330 casos positivos de contaminados em seu quadro de 46.416 funcionários próprios. Somando funcionários efetivos e terceirizados, a estatal petroleira tem ao todo 151.539 empregados.

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo (ANP), até às 23h59 do dia 9 de maio, o número de contaminados que trabalham embarcados em plataformas era de 580. O total de contaminados em plataformas se manteve igual ao do dia anterior pela primeira vez desde o agravamento da pandemia no fim do mês passado.

De acordo com o boletim do ministério que acompanha a evolução da pandemia entre no setor energético, foram contabilizados ainda 843 casos suspeitos. Segundo os dados de 4 de maio último, outros 260 trabalhadores das empresas e órgãos do setor conseguiram se recuperarar da Covid-19.

Leia mais: Uso de carros pós quarentena pode recuperar preço do petróleo

Foram registrados ainda cinco óbitos causados pelo novo coronavírus, dos quais três eram trabalhadores da Eletrobras, um da Agência Nacional de Mineração (ANM) e outro da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM).

A Petrobras voltou a ressaltar que “não tem medido esforços” para enfrentar a pandemia. A companhia destacou dentre as medidas que vem adotando a testagem de todos os trabalhadores com suspeita da doença.

"Foram mais de 6,3 mil testes realizados, entre empregados, prestadores de serviços e pessoas que tiveram contato com profissionais com sintomas, estivessem em home office ou em atividade presencial”, afirmou a estatal em nota.

A Petrobras ressaltou ainda que, dos 330 empregados próprios que testaram positivo para a Covid-19, 143 já estão recuperados.

Em relação aos trabalhadores embarcados, a Petrobras explicou que os cuidados são ainda maiores para evitar a contaminação, com redução do efetivo mínimo à metade.

Veja ainda:  Mercado prevê queda de 4,11% na economia brasileira em 2020

    Veja Também

      Mostrar mais