Após vetos da equipe de Guedes, Bolsonaro sancionou auxílio de R$ 600, que deve ser pago a partir de próxima semana
Marcos Corrêa/PR - 1.4.20
Após vetos da equipe de Guedes, Bolsonaro sancionou auxílio de R$ 600, que deve ser pago a partir de próxima semana

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (2) que o pagamento do auxílio de R$ 600 começará na próxima semana. A expectativa é que o vale beneficie 54 milhões de pessoas.

Leia também: Bolsonaro sanciona auxílio de R$ 600 com vetos; saiba o que muda no projeto

"Está a todo vapor. Semana que vem começa a pagar (o auxílio )", disse Bolsonaro na saída do Palácio da Alvorada.

O projeto foi sancionado na quarta-feira por Bolsonaro, mas ainda não foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) porque ainda precisa ser publicada uma medida provisória (MP) liberando um crédito extraordinário de R$ 98 bilhões para o pagamento do programa. Bolsonaro disse que essa MP "deve" ser editada nesta quinta e reclamou da burocracia:

"É uma burocracia enorme. Uma canetada errada é um crime de responsabilidade".

Ele ainda aproveitou para criticar o Congresso por não ter apresentado a fonte de pagamento do programa ao aprová-lo, fazendo a responsabilidade cair sobre a presidência, já que faltava apenas a sanção de Bolsonaro para a liberação dos recursos e os pagamentos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários