reforma administrativa
Antonio Cruz/Agência Brasil
Jair Bolsonaro diz que a reforma administrativa chegará logo


O presidente Jair Bolsonaro afirmou que a reforma administrativa será anunciada em breve. Ele fez questão de deixar claro, ainda, que as mudanças propostas pela reforma não afetarão servidores públicos já contratados. As afirmações foram feitas nesta segunda-feira (27), durante uma conversa com jornalistas em Nova Délhi, na Índia. 

"Eu peguei a reforma feita pelo Paulo Guedes , estudamos e propusemos algumas alterações. Não é porque sou presidente não, estão sendo atendidas. Pode mudar, eu não quero que vocês falem que eu recuei, brevemente será anunciado aí", disse o presidente.

Leia também: Bolsonaro diz que proposta de reforma administrativa está quase pronta

Embora de forma truncada, o presidente indicou que sua preocupação é que os servidores públicos já contratados entendem que a reforma os afetará quando, na verdade, isso não deve acontecer. "O mais importante é a guerra da informação. É mostrar que as reformas que estão sendo propostas é [para] quem porventura entrar o serviço público daqui para a frente. Então, para evitar que usem uma informação daqui para frente, e peguem todo mundo, e cause aí ruídos no Brasil, basicamente essa é a coisa mais importante da reforma, é a guerra da informação", disse.

No último domingo (26), Bolsonaro deixou claro que a reforma administrativa está praticamente pronta e que quer aproveitar o primeiro semestre para aprová-la, antes que os parlamentares se concentrem em eleições municipais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários