Tamanho do texto

Ainda de acordo com o levantamento, somente uma beneficiária vitalícia recebeu a quantia superior a R$ 325 mil em um único mês

Em dezembro, o maior valor foram os R$ 573,3 mil recebidos por uma viúva, em valores brutos arrow-options
Tomaz Silva/Agência Brasil
Em dezembro, o maior valor foram os R$ 573,3 mil recebidos por uma viúva, em valores brutos

A União pagou R$ 128,2 milhões em pensão para filhas de militares brasileiros nos dois últimos meses de 2019.Valores são referentes aos meses de novembro (R$ 84,8 milhões) e dezembro (R$ 43,4 milhões).

Os dados foram levantados no Ministério da Economia pela Fiquem Sabendo, agência de dados especializada na Lei de Acesso à Informação.

Bolsonaro mantém privilégios e sanciona reforma da Previdência dos militares

Ainda de acordo com o levantamento, somente uma beneficiária vitalícia recebeu a quantia superior a R$ 325 mil em um único mês (novembro). A tabela elaborada pelo governo não especifica o que compõe cada pagamento e, portanto, não justifica os valores pagos.

O site Fiquem Sabendo diz que o valor se refere a provável acumulo de benefícios —ou seja, quando a pessoa recebe mais de uma modalidade de pensão.

Governo usou verba de aposentadoria e pensões para cumprir promessa de Bolsonaro

Também no mês de novembro, outras duas filhas de militares embolsaram R$ 229,5 mil e R$ 102,7 mil, respectivamente. Ambas têm pensão vitalícia. 

Uma das possibilidades elencadas pela Fiquem Sabendo para os altos valores foi o provável depósito do décimo terceiro em novembro, o que pode ter inflado o somatório total de pagamentos naquele mês. A agência, no entanto, ainda não conseguiu confirmar essa informação.

Outra possibilidade é o pagamento retroativo a beneficiários que tiveram dívidas reconhecidas pelo governo. 

Constam na lista obtida via LAI mais de 13 mil pagamentos efetuados, dos quais apenas 267 casos se referem a benefícios temporários. Ou seja, a maioria é formada por pensionistas vitalícios.

A concessão de pensão a filhas de militares mortos foi extinta em 2000 para novos servidores, mas ainda poderá ser paga pelos próximos 40 anos.

Em dezembro, o maior valor foram os R$ 573,3 mil recebidos por uma viúva, em valores brutos. No mês, o total de pagamentos chegou a aproximadamente R$ 1,66 bilhão, com média de R$ 5.328 por pessoa.

Constam 23 pagamentos acima de R$ 100 mil. Em novembro, foram cerca de R$ 3,21 bilhões pagos, com média de R$ 10.358 por pessoa, sendo que 32 foram acima de R$ 100 mil. Na lista, há pensões vitalícias e temporárias.