Ex-presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli teve sua aposentadoria cassada pela CGU
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Ex-presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli teve sua aposentadoria cassada pela CGU

Por determinação da Controladoria-Geral da União (CGU) , a aposentadoria do ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli foi cassada. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (D.O.U.) na edição da última terça-feira (24).

Gabrielli presidiu a estatal por seis anos , de 2005 a 2012, durante as gestões do Partido dos Trabalhadores (PT) de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

Após privatização, lucro da BR Distribuidora cresce e chega a R$ 1,3 bilhão

O ato foi assinado pelo ministro substituto da CGU, Valmir Gomes Dias, com base em um parecer  entregue no dia 6 de dezembro.

O documento explica que para a CGU a aposentadoria pôde ser cassada porque o ex-presidente praticou infrações disciplinares à frente do cargo.

Gabrielli é atualmente investigado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) suspeito de envolvimento em um esquema de superfaturamento de obras da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.

"De nós para nós mesmos", diz Guedes sobre megaleilão do pré-sal; entenda

 Além de chefiar a Petrobras, José Sérgio Gabrielli também trabalhou como professor da  Universidade Federal da Bahia (UFBA). As informações são da agência Estado.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários