Tamanho do texto

Mercado financeiro projeta maior crescimento do PIB e inflação em 2019, segundo o Boletim Focus desta segunda (28), divulgado pelo Banco Central

dólar arrow-options
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Dólar abre semana em queda, operando abaixo de R$ 4 nesta segunda-feira (28)

O dólar comercial inicia a semana em queda, abaixo do patamar de R$ 4. A moeda norte-americana é negociada com recuo de 0,65%, valendo R$ 3,976. O que explica este comportamento, de acordo com os analistas, é a retomada das expectativas positivas sobre a economia brasileira após a aprovação da reforma da Previdência.

Leia também: Bolsonaro diz em Abu Dhabi que economia do Brasil vai bem: "Caminho certo"

"A aprovação da Previdência segue repercutindo nos mercados. Agora, em relação às projeções de crescimento da economia do país. A expectativa é que, a partir de agora, entre dinheiro no Brasil", destaca Pablo Spyer, diretor da corretora Mirae Asset.

Nesta semana, os economistas consultados pelo Banco Central (BC) na elaboração do Boletim Focus elevaram a expectativa de avanço do Produto Interno Bruto (PIB). Agora, o Focus acredita que a economia brasileira vai crescer 0,91% em 2019. Na semana anterior, a projeção era de alta de 0,88%. A expectativa de inflação também cresceu, passando de 3,26% para 3,29%.

Leia também: Após mudanças na Previdência, outras reformas serão mais difíceis para governo

Além disso, nesta semana o Comitê de Política Monetária (Copom) se reúne para definir qual será o patamar da taxa básica de juros da economia brasileira, a Selic . O mercado projeta que o corte será de 0,5 ponto percentual, fazendo com que a taxa fique em 5% ao ano, renovando a mínima histórica.