Tamanho do texto

Ações da Petrobras e do Banco do Brasil contribuem para a alta da Bolsa

dólar arrow-options
Pixabay/Reprodução
O Ibovespa, principal índice da B3, avança 0,12%, aos 105.146 pontos

O dólar comercial opera com tendência de queda no último pregão da semana. A moeda americana é negociada com recuo de 0,54%, valendo R$ 4,148. O Ibovespa, principal índice da B3, avança 0,12%, aos 105.146 pontos. O mercado segue avaliando os dados do crescimento da economia chinesa e as declarações do presidente do banco Central (BC) do Brasil, Roberto Campos Neto, a respeito da trajetória dos juros no país.

Leia também: Saque do FGTS começa hoje para nascidos em janeiro sem conta na Caixa

Em entrevista à TV Bloomberg, Campos Neto disse que o cenário externo tem penalizado o Brasil. Porém, destacou sua expectativa quanto à melhora da economia do país.

"O crescimento global não está ajudando o Brasil neste momento. O Banco Central está mais otimista em relação à economia, embora ainda haja muita capacidade ociosa".

Do lado externo, a China cresceu 6% no terceiro trimestre de 2019, o pior resultado para o indicador chinês desde 1992. O resultado, porém, veio praticamente em linha com as expectativas do mercado, que projetavam avanço de 6,1% para o período. A produção industrial do gigante asiático, porém, veio muito acima do esperado em setembro. A alta foi de 5,8%, enquanto as projeções indicavam avanço de 4,9%.

Dado o atual cenário, os temores sobre a desaceleração da atividade econômica global ainda seguem influenciando no comportamento dos mercados.

Leia também: Caged: Conheça as 20 cidades com os piores saldos de empregos do País

Destaques da Bolsa

Nesta sexta, as ações ordinárias (ON, com direito a voto) e preferenciais (PN, sem direito a voto) da Petrobras operam com valorização de, respectivamente, 1,13% e 1,05%. O que explica este comportamento é a divulgação dos dados sobre a produção de petróleo da estatal. No terceiro trimestre do ano, a produção do óleo pela Petrobras cresceu 16,4% na comparação com igual período de 2018, para 2,264 milhões de barris por dia.

O Banco do Brasil também contribui para os ganhos do Ibovespa, com suas ações ON subindo 1,83%. A alta é reflexo da oferta de ações que levantou cerca de R$ 5,8 bilhões, a R$ 44,05 por papel.