Tamanho do texto

Concurso terá cargos que exigem níveis médio e superior de escolaridade; edital e data para inscrições ainda não foram definidos

Davi Alcolumbre arrow-options
Marcos Oliveira/Agência Senado
Autorização para elaboração do concurso foi assinada pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre

O presidente do Senado Davi Alcolumbre aprovou, e publicou no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (3), a autorização para a Casa Legislativa abrir concurso público para 40 vagas efetivas.

São 24 vagas que exigem escolaridade de nível médio e 16 para superior. Os salários variam entre R$ 18.591,18 e R$ 32.020,77. O edital do concurso deve ser divulgado em breve.

Secretário quer segurar concursos e reajuste de servidores para controlar gastos

Depois da autorização publicada hoje (3), é necessário formar uma comissão organizadora interna e em seguida definir a banca organizadora. Apenas após essas etapas será possível conhecer as datas de publicação do edital e de abertura das inscrições.

As vagas que exigem ensino médio são para o cargo de  técnico legislativo nível II, com remuneração inicial de R$ 18.581,18. O salário  é de R$ 4.257,57, gratificações de atividade legislativa de R$ 9.366,62, de representação de R$ 2.412,45 e de desempenho de R$ 2.554,54.

Projeto quer regulamentar demissão de servidores concursados por mau desempenho

Ensino Superior

senado federal arrow-options
Roque de Sá/Agência Senado
Concurso no Senado tem vagas para profissionais da enfermagem, engenharia, arquivologia, entre outros

Entre as 12 vagas para o cargo de analista legislativo, que exigem ensino superior , são duas para a área de administração, duas para processo legislativo, uma para arquivologia,  uma para assistente social, uma para contabilidade, uma para enfermagem, uma para informática legislativa,  uma para registro e redação parlamentar, uma para engenharia do trabalho e uma para engenharia eletrônica e telecomunicações.

A remuneração inicial nesses casos é de R$ 24.782,47, sendo salário de R$ 6.550,09, gratificação de atividade legislativa de R$ 10.339,10, gratificação de representação de R$ 3.963,33 e gratificação de desempenho de R$ 3.930,05.

Número de trabalhadores sem carteira assinada é recorde no Brasil

 As quatro vagas restantes são para advogados , e contam com a melhor remuneração do concurso: R$ 24.782,47. O salário é de R$ 6.550,09, gratificação de atividade legislativa de R$ 10.339,10, de representação de R$ 3.963,33 e de desempenho no valor de R$ 3.930,05