Tamanho do texto

Fiscalização do Procon-SP e do Ipem-SP chegou a lacrar bicos e tanques de combustível em um dos estabelecimentos da capital paulista

bomba de combustível arrow-options
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Fiscalização em postos de combustível da capital paulista chegou a lacrar o tanque de um dos estabelecimentos

A operação "Olhos de Lince" realizada em conjunto pelo Procon-SP e o Instituto de Pesos e Medidas (Ipem-SP) autuou cinco postos de combustível  que apresentaram irregularidades na cidade de São Paulo.

A lista dos postos autuados pode ser conferida neste link .

Vivo é multada em R$ 3,5 milhões por cobrar serviços não solicitados: veja lista

A operação foi realizada na última quarta-feira (25) e seis postos foram fiscalizados. Em um deles, os bicos e o tanque foram lacrados por apresentar combustível fora das especificações da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Uma amostra do combustível  foi coletada para análise laboratorial.

Tim é processada pela Secretaria do Tesouro por vazamento de dados de clientes

As equipes do Procon-SP verificaram a qualidade dos combustíveis e os produtos comercializados nas lojas de conveniências e dependências do estabelecimento.

As principais irregularidades encontradas estavam relacionadas a inadequação da informação de preço . Entre elas:

  • Produtos sem preços;
  • Não exibir os preços de todos os combustíveis na entrada do estabelecimento;
  • Falta de ostensividade na informação de preços dos combustíveis;
  • Dois preços para o mesmo produto,
  • Precificação não voltada para o consumidor.

Os fiscais do Ipem verificaram as bombas no que diz respeito à fraude na volumetria .

Fim da tomada de três pinos é um retrocesso para o Brasil, dizem ABNT e Abinee

O Procon-SP informa via nota a imprensa que os "estabelecimentos autuados responderão a processos administrativos , sendo assegurada a ampla defesa".