Brasil Econômico

dólar
iStock
Após atingir R$ 4,20 na véspera, dólar recua e opera na casa de R$ 4,15 nesta quarta

Após uma véspera de disparada, chegando a superar os R$ 4,20, o dólar comercial abriu o dia operando com leve queda nesta quarta-feira (28). Às 12h45, porém, a moeda norte-americana já registra variação positiva de 0,78%, valendo R$ 4,158. Na bolsa, o dia é de perdas. O Ibovespa, principal índice da B3, também abriu o dia operando com queda, mas às 12h45 operava com alta de 0,47%, atingindo 97.732,16 pontos.

Leia também: Campanha para quitação de dívida é prorrogada até o fim do ano na Caixa

O que segue pressionando o câmbio é a agenda internacional. Os investidores seguem avaliando com muita cautela a guerra comercial entre a China e os Estados Unidos. O temor é em relação à data estipulada para a entrada em vigor de mais uma rodada de tarifas: daqui a quatro dias, em 1º de setembro.

Mesmo com os desdobramentos e avanços da agenda doméstica de reformas, principalmente a da Previdência , o exterior continua deixando os investidores avessos ao risco e, consequentemente, buscando proteção em dólar.

Leia também: Texto da reforma da Previdência no Senado já recebeu 275 emendas

Para conter a alta da moeda, o Banco Central chegou a realizar nesta terça (27) leilão de dólares no mercado à vista, o que pode ter contribuído para o fechamento do dia se afastar da casa de R$ 4,20.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários